Dra. Francys de Thommazo
Psicologia

CRP - 68164

Especialidades
Agendamento

Faça aqui seu agendamento e marque uma consulta com nossos profissionais.

Psicologia

Francys De Thommazo é formada em psicologia , especialista em terapia cognitiva e hipnoterapia cognitiva.

A Terapia Cognitiva é um sistema de psicoterapia, proposto e desenvolvido por Aaron Beck e seus colaboradores, que integra um modelo cognitivo de psicopatologia e um conjunto de técnicas e estratégias terapêuticas baseadas diretamente nesse modelo.

A Terapia Cognitiva baseia-se na hipótese de vulnerabilidade cognitiva como um modelo de transtorno emocional. Seu princípio básico é de que não é uma situação que determina as emoções e comportamentos de um indivíduo, mas sim suas cognições ou interpretações, as quais refletem formas idiossincráticas de processar informação. Baseado nesse princípio e na hipótese de primazia das cognições proposta por Beck, em Terapia Cognitiva busca-se a reestruturação cognitiva, com base em uma conceituação cognitiva do paciente e de seus problemas. Inicialmente, objetiva devolver ao paciente a flexibilidade cognitiva, por meio de uma atuação sobre as suas cognições a fim de promover mudanças nas emoções e comportamentos que as acompanham; e, ao longo do processo terapêutico, atua diretamente sobre o sistema de esquemas e crenças do paciente a fim de promover sua reestruturação. Em paralelo à reestruturação cognitiva, o terapeuta cognitivo utiliza ainda uma abordagem de solução de problemas.

Objetiva não apenas a solução dos problemas imediatos do paciente, mas, através da reestruturação cognitiva, busca dotá-lo de um novo conjunto de técnicas e estratégias para, a partir daí, processar e responder ao real de forma funcional, sendo o funcional definido como formas que concorrem para a realização de suas metas.

Características que a distinguem de outras formas de psicoterapia são o tempo curto e limitado de 12 a 24 sessões e em várias áreas de transtornos emocionais como: depressão, síndrome do pânico, transtornos alimentares, transtorno bipolar, fobia social, ansiedade generalizada e etc..

Já a Hipnoterapia Cognitiva é um processo terapêutico pelo qual o profissional utiliza-se da Hipnose Clínica (Hipnose Clássica) como ferramenta na terapia Cognitiva. A intervenção comportamental objetiva aliviar o paciente do sofrimento através de técnicas de relaxamento e respiração inerentes às técnicas de indução (hipnose). A Hipnose Clínica é um processo totalmente consciente, no qual o paciente atinge estado de relaxamento profundo e extremamente prazeroso e, através de processo de Hipermnésia, o acesso às memórias de difícil acesso pela consciência é facilitado.

A hipnoterapia cognitiva pode ser utilizada para: emagrecimento, síndrome do panico, depressão, parar de fumar, fobia de avião, fobia social, onicofagia( roer unhas), insonia, controle da ansiedade e stress, fibromialgia.

Todas as pessoas podem ser suscetíveis ao processo e para isto é fundamental que haja permissividade do paciente e confiança no terapeuta. É importante saber que, em estado hipnótico, o paciente tem controle e discernimento sobre seus atos.