Vacina para Hepatite A

Hepatite A

Idade de Aplicação:

A partir de 12 meses de vida.

Reforço após 6 meses da 1ª dose

Recomendação Especial:

Não está contra-indicada para gestantes e existe uma vacina combinada de Hepatite A+B para adultos e crianças.





Neoclinica-Vacinas-Varicela
 
 

Dicas ao Cliente:

A hepatite A é uma doença viral caracterizada por fadiga, náuseas, vômitos e perda de apetite, urina escura (cor de coca-cola), fezes pálidas (cor de massa de vidraceiro), pele e olhos amarelados e aumento do tamanho do fígado. Alguns casos podem evoluir para hepatites graves fulminantes, com altas taxas de mortalidade. Crianças menores de 5 anos podem ter a doença em forma assintomática. Isto faz com que elas funcionem como disseminadoras do vírus na família, creche ou escola.

Crianças maiores e adultos geralmente contraem a hepatite A na forma sintomática. Mas os sintomas são muito variados, dificultando o diagnóstico, exigindo exames laboratoriais para confirmação.

Modo de transmissão

Aproximadamente um terço das pessoas infectadas é assintomático.
A transmissão ocorre por via fecal-oral de uma pessoa infectada para uma pessoa saudável, através da ingestão da água e de alimentos contaminados com matéria fecal.
O vírus pode também ser transportado pelas mãos, ou seja, a transmissão se dá por contato físico ou por contato com objetos contaminados.
O vírus resiste ao calor (cozimento a vapor não elimina o vírus): pescados, moluscos, camarão, que normalmente são ingeridos nesta forma de preparo transmitem a doença. O vírus resiste em meios ácidos (maioneses, condimentos e guarnições): Se o manipulador estiver transmitindo a doença, ele poderá contaminar uma grande quantidade de pessoas, sendo esta uma das causas mais freqüentes de surtos.

Período de incubação

O período de incubação varia de 15-50 dias (durante este período os sintomas podem ser vagos ou ausentes, mas o indivíduo pode transmitir o vírus).
Em 10% dos casos, após 1 a 4 meses, a doença pode voltar (Hepatite A Recorrente). Raramente mais grave que o primeiro episódio. A doença costuma se resolver por completo em 4 a 10 meses. Portanto o peso desta doença não é a sua gravidade e sim o seu custo social e profissional, pela prolongada convalescença.

Suscetibilidade

Desde a 2ª semana antes do início dos sintomas, até o final da 2ª semana de doença.
Fonte: Doenças infecciosas e Parasitárias do Ministério da Saúde – Fundação Nacional de Saúde – Centro Nacional de Epidemiologia – 1999

Fonte: Doenças infecciosas e Parasitárias do Ministério da Saúde – Fundação Nacional de Saúde – Centro Nacional de Epidemiologia – 1999