Vacina para Meningite Meningocócica

Meningite Meningocócica

Idade de Aplicação:

A partir do 2 mês de vida: Meningite C e Meningite B

A partir de 1 ano – Meningite ACWY

O número de doses varia de acordo com a idade em que se inicia o esquema vacinal e também do tipo de vacina que será utilizada: Meniningite C; Meningite ACWY ou Meningite B:

Indicada para o adulto e para crianças e de acordo com o tipo de vacina e a idade da pessoa, segue-se um esquema vacinal

Recomendação Especial: Adultos - dose única





Neo Clínica - Vacinas - Meningite

Dicas ao Cliente:

Confira a embalagem da vacina: nome da vacina, nome do laboratório, número de lote, data de validade, lacre da embalagem.
Presencie a aplicação da Vacina.

A Meningite é uma infecção das membranas que recobrem o cérebro e a medula espinhal. Pode ser causada por vírus ou bactérias. Dentre as bactérias, a Neisseria meningitidis, conhecida com MENINGOCOCO merece destaque pela freqüência que ocorre e pela possibilidade de causar epidemias.

Fonte de infecção

A Meningite é uma infecção das membranas que recobrem o cérebro e a medula espinhal. Pode ser causada por vírus ou bactérias. Dentre as bactérias, a Neisseria meningitidis, conhecida com MENINGOCOCO merece destaque pela freqüência que ocorre e pela possibilidade de causar epidemias.

Modo de transmissão

Basicamente por via respiratória, através de contato com secreções do nariz ou faringe. A bactéria se instala e se multiplica na “garganta” do indivíduo que poderá ou não apresentar sintomas.

Através de contato íntimo, como o beijo, ou através de secreções expedidas pela fala, tosse ou espirro.

Período de transmissibilidade

A meningite meningocócica pode ocorrer durante todo o ano, mas no outono e inverno, há um aumento das infecções respiratórias o que favorece à invasão da bactéria e a disseminação da doença.

Sintomas

-Febre alta, dor de cabeça muito forte, vômitos em jato e rigidez de nuca (pescoço duro); em bebês, moleira abaulada (estufada), febre e irritabilidade.
-Outros: náuseas e abatimento no estado geral, confusão mental (palavras desconexas, atitudes estranhas e comportamento agressivo), manchas arroxeadas.

Diagnóstico

O exame físico realizado pelo médico e confirmado através da punção do “líquido da espinha” (punção liquórica). Esse exame ajuda na indicação do tratamento mais adequado para o paciente.

Fonte: Laboratório Wyeth